Terça-feira, 5 de outubro de 2021
Eu sou Constantin Dangninou Codjo [na foto, à esquerda], natural de um país chamado Benim situado na África ocidental. Eu sou o quarto de uma família cristã de seis filhos. Eu gostaria de partilhar brevemente com vocês o caminho que estou percorrendo como religioso missionário comboniano. A paixão pela vida consagrada nasceu em mim a partir da minha proximidade com a palavra de Deus e com a comunidade cristã onde eu rezava.

Quando era criança, eu amava ler a história das personagens bíblicas e a vida dos santos. Eu vivia também uma proximidade grande com minha comunidade paroquial ajudando como acólito e sacristão. Essas experiências deixavam no meu coração um sentimento de alegria inestimável. É justamente a partir desse momento que comecei a meditar no silêncio do meu coração sobre uma possível consagração religiosa. Porém, o meu sonho maior era me tornar um professor, um educador. Estando totalmente confuso diante desse dilema, fui de presa conversar com um padre, a fim de encontrar uma direção melhor para a minha vida. Após ter conversado com ele, as coisas começaram a se tornar claras na minha mente. Então, parei de resistir e entrei na aventura que Deus está me propondo.

Eu iniciei o acompanhamento espiritual em vista de um discernimento mais profundo. Em seguida, o Senhor me fez descobrir a família comboniana através duma obra sobre a biografia de São Daniel Comboni. O testemunho de vida desse santo me seduziu. Aos poucos fui conhecendo a família comboniana. Fui admitido para começar a formação comboniana. Fiz os estudos Filosóficos no Togo e o Noviciado no meu país. Após ter pronunciado os primeiros votos, fui enviado para o Brasil a fim de continuar a formação missionária comboniana. Eis que eu estou cursando nesse ano o segundo ano de teologia em São Paolo e vivendo minha vida consagrada com alegria e serenidade junto com o povo brasileiro. Peço sua oração querido (a) leitor (a).

Você jovem que está lendo a minha partilha, Deus lhe conhece e lhe chama pelo seu nome. Não precisa temer o chamado de Deus e achar que não é capaz. Deus não chama apenas os capacitados, mas capacita os escolhidos. Então venha arriscar com Deus!
Constantin Codjo, comboniano em SP

[Sem Fronteiras - Combonianos Brasil]