Quarta-feira, 1 de Setembro de 2021
Em meio às crises que abalaram nosso mundo, a família cristã global foi despertada para a necessidade urgente de curar nossas relações com a criação. Durante o Tempo da Criação 2020, de 1 de setembro a 4 de outubro, milhares de cristãos em seis continentes se uniram para um tempo de restauração e esperança, um jubileu pela nossa Terra…

Tempo da Criação 2021

Uma casa para todos? Renovando o Oikos de Deus

Em meio às crises que abalaram nosso mundo, a família cristã global foi despertada para a necessidade urgente de curar nossas relações com a criação e uns com os outros durante o Tempo da Criação ecumênico. Durante o Tempo da Criação 2020, de 1 de setembro a 4 de outubro, milhares de cristãos em seis continentes se uniram para um tempo de restauração e esperança, um jubileu pela nossa Terra, e descobriram maneiras radicalmente novas de defender a criação. Mais do que nunca, a família cristã global se uniu para rezar e agir pela nossa casa comum.
Para mais informações, clique aqui.

Igrejas europeias em declaração conjunta

Cristãos devem unir-se na oração e na ação para cuidar da casa comum

O convite destina-se a “todos os cristãos nas Igrejas da Europa, paróquias, comunidades eclesiais e todas as pessoas de boa vontade” e foi publicado esta sexta-feira, 27, pelo Conselho das Conferências Episcopais da Europa (CCEE) e pela Conferência das Igrejas Europeias (CEC):  que todos celebrem o “Tempo da Criação” e cuidem da “Casa Comum” com “espírito ecuménico, unidos na oração e na ação”.

Numa mensagem conjunta, intitulada ‘Uma casa para todos? Renovando o Oikos de Deus’, os presidentes do CCEE e da CEC, cardeal Angelo Bagnasco e reverendo Christian Krieger, sublinham que a palavra grega Oikos remete para “casa” e para aquilo que “é doméstico e familiar, tudo o que é objeto de cuidado”, representando um interesse comum e também uma responsabilidade partilhada.

Assim, “renovar o Oikos de Deus, a casa comum que partilhamos, é um conceito que une toda a família humana na procura por um desenvolvimento integral e sustentável com justiça partilhada”, pode ler-se na declaração.

Os dois organismos convidam todos os cristãos da Europa a rezar pelo encontro das Nações Unidas sobre a Biodiversidade (que decorrerá de 25 de abril a 8 de maio de 2022, em Kunming, China), e pela COP 26 (Cimeira do Clima), agendada para dezembro, em Glasgow.

O “Tempo da Criação” (um mês para sensibilizar para o cuidado do planeta) começa na próxima quarta-feira, 1 de setembro, Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação, e termina a 4 de outubro, quando a Igreja Católica celebra a festa litúrgica de São Francisco de Assis.
[7Margens]